Estudantes de Belas Artes propõem-se a “jogar com uma ideia de ausência”

Exposição parte de uma reflexão sobre a palavra “uma”.

Exposição parte de uma reflexão sobre a palavra “uma”.

“Uma” é o título da quarta exposição de 2015 da Galeria Painel, um projeto promovido por estudantes da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP)  em colaboração com o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP).  A inauguração está marcada para dia 6 de agosto, quinta-feira.

“Uma” apresenta-se no seguimento da proposta definida pelo projeto Painel. Procurando estabelecer diálogos entre pessoas que se destacam por atitudes e posições diversas, propôs-se a um grupo de pessoas que desenvolvessem um conjunto de trabalhos em torno de uma palavra, um mesmo denominador comum, selecionada de uma frase que vai sendo desvendada ao longo do projeto.

Anabela Veloso e João Cabral encabeçam a exposição, propondo através de diferentes explorações no campo do vídeo, uma abordagem que procura jogar com uma ideia de ausência, indefinição associada à falta de referência que a própria palavra possui, para além de uma presença feminina; João Sobral desenvolve um cartaz; e Cristina Mateus enquadra o desafio no campo da palavra.

A relação totalmente distinta entre cada um dos procedimentos utilizados, quase paradoxais, apesar do mesmo elemento comum, vêm promover um diálogo entre os trabalhos que se pretende pertinente e questionador, garantindo desde logo fortes motivos para uma visita emancipada e interventiva.

Com entrada livre, a exposição poderá ser visitada no ISPUP no seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 20h00, até ao dia 28 de agosto.

Sobre o programa de artes plásticas – Galeria Painel

O programa de artes plásticas resulta da parceria estabelecida entre o Instituto de Saúde Pública da U.Porto e a Faculdade de Belas Artes da U.Porto, com o objetivo de estimular a exibição regular de reportório de matriz pluridisciplinar. A programação pretende-se diversa, rigorosa e participativa, para além de desejar contribuir para a fomentação de um espírito de debate, partilha e experimentação das práticas artísticas contemporâneas, tanto na Universidade, como na cidade do Porto.

Estabelecer uma ligação entre a Arte e a Saúde Pública é também uma preocupação que está sempre presente, embora nem sempre seja exposta a olho nu. Desta forma, o programa cultural impulsiona a promoção de artistas recém-licenciados ou ainda estudantes da U.Porto.