Estudantes da U.Porto dominam prémios do YES Meeting 2017

Distinções foram repartidas por estudantes das faculdades de Medicina, Ciências e do ICBAS. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

Os estudantes da Universidade do Porto estiveram em grande destaque na edição deste ano do YES Meeting, somando um total de 13 distinções nas várias categorias premiadas neste evento internacional organizado integralmente por estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) que, durante quatro dias (14 a 17 de setembro), reuniu no Porto mais de 500 estudantes das áreas biomédicas, provenientes de todo o mundo.

O grande destaque vai para Alexandra Teixeira, estudante do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) que venceu o 2.º prémio – no valor de 15oo euros – na categoria que distinguiu os melhores trabalhos apresentados na sessão plenária (Plenary session) do YES Meeting. Na mesma categoria, Joana Gomes Ribeiro, estudante da Faculdade de Ciências (FCUP) levou para casa o 3.º prémio, no valor de 5oo euros.

Entre os melhores trabalhos apresentados nas sessões orais paralelas, foram premiados os estudantes Manuel Gonçalves Pinho, João Oliveira (FMUP), Rita Magalhães (FMUP), Bárbara Adem (FMUP) e Sara Castro Sousa (Faculdade de Ciências, FCUP) nas categorias de Saúde Pública e Informática Médica, Cirurgia, Fisiologia e Imunologia, Oncologia e Biologia Molecular e Neurociências, respetivamente. Ainda na área de Fisiologia e Imunologia, Rafael Rocha (FMUP) conquistou uma menção honrosa.

No que toca aos trabalhos apresentados nas sessões de posters, a FMUP somou um primeiro prémio por Maria Manuela Estevinho (FMUP), na categoria de Medicina Interna. Já Inês Castro (FMUP), Augusto Rachão (FMUP)  e António Gil Azevedo (ICBAS) receberam menções honrosas nas categorias de Oncologia e Biologia Molecular, Fisiologia e Imunologia, e Neurociências, respetivamente.

A U.Porto venceu ainda a competição clínica do YES Meeting 2017, pela mão de Hugo Veiga, estudante da FMUP.

As distinções foram entregues no passado dia 17 de setembro, no CIM-FMUP – Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Recorde-se que entre os vários especialistas de renome mundial que marcaram presença nos quatro dias do evento, contaram-se Ada Yonath, vencedora do Prémio Nobel da Química em 2009, e Nicholas Lydon, vencedor de um prémio Lasker – galardão que distingue profissionais da área da Medicina,