Estudantes da FEUP lançam aplicação que alerta em situações de perigo

(foto: Creative Commons)

A Gunalert permite enviar pedidos de ajuda e alertar para potenciais zonas de risco (foto: Creative Commons)

Chama-se Gunalert,  é uma aplicação móvel criada por dois estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e tem como grande objetivo de reforçar o sentimento de segurança no Polo da Asprela.

Foram necessários apenas dois dias para desenvolver e publicar o protótipo inicial, no qual já era possível enviar e receber alertas. Após apresentação à comunidade académica, a resposta foi significativamente positiva. Desde então que têm sido desenvolvidas novas funcionalidades com base no feedback dado pelos utilizadores.

A Gunalert é uma ferramenta que permite enviar pedidos de ajuda e alertar para potenciais zonas de risco. Deste modo, uma pessoa pode saber antecipadamente onde um assaltante se encontra e desviar o seu percurso. Cria-se também a noção de entreajuda subjacente ao uso da aplicação: se um assalto for reportado, as pessoas nas proximidades poderão auxiliar no local. A presença de testemunhas neste tipo de situações poderá ainda facilitar o contacto com as autoridades em posteriores investigações judiciais.

A aplicação tem duas funcionalidades principais: o alerta e o comentário. O primeiro deve ser acionado somente em situações perigosas e a decorrer no momento, premindo o botão “SOS” e, de imediato, os utilizadores que se encontrem por perto receberão o pedido de ajuda. Já a função de comentário serve para identificar situações variadas relacionadas com esta problemática (ex: a presença de uma pessoa duvidosa num determinado local).

Inicialmente dirigida à comunidade académica na zona da Asprela do Porto, a aplicação está preparada para ser usada em qualquer parte do mundo. Atualmente, a Gunalert conta já com mais de 1000 utilizadores, a maior parte na zona do grande Porto.

Segundo os criadores, o próximo passo passa agora por apresentar o projeto às entidades policiais, propondo-lhes a utilização da aplicação para terem conhecimento das zonas potencialmente mais perigosas, e agir perante os alertas. A colaboração de outras entidades, tais como seguranças ou guardas noturnos, seria uma mais-valia. A grande vantagem é que apenas precisa de pressionar um botão, e toda as pessoas à sua volta têm conhecimento da situação.

A aplicação é totalmente gratuita e está disponível para o sistema operativo Android: http://goo.gl/yTbezU. Brevemente estará também disponível para iOS.

Para acompanhar mais notícias e funcionalidades da Gunalert, visite a página de Facebook da iniciativa.