Estudantes da Faculdade de Letras aprendem a empreender

Estudantes da FLUP estão a participar em ações de Mentoring & Coaching promovidas pela faculdade e a AEP.

O ano de 2018 iniciou-se com mais uma iniciativa do projeto Novo Rumo a Norte, uma parceria da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) e a AEP – Câmara de Comércio e Indústria, no domínio do empreendedorismo e da inovação. 

A FLUP abre, assim, o seu espaço e recursos à comunidade, proporcionando a capacitação em empreendedorismo e estimulando a interação dos seus estudantes com os agentes económicos da região. Inserem-se nesta cooperação a realização de duas ações coletivas de Mentoring & Coaching, dirigidas, respetivamente, a 35 estudantes das unidades curriculares de Gestão de Projeto e Plano de Negócio, da Licenciatura em Ciências da Comunicação (LCC), e de Empreendedorismo e Projetos Culturais, do recentemente criado curso de Mestrado em Comunicação e Gestão de Indústrias Criativas.

A estes estudantes juntaram-se profissionais do universo empresarial e empreendedores da região procurando-se, assim, o fomento do relacionamento de pessoas com os mesmos interesses e necessidades, num contexto propício à criação e desenvolvimento de projetos e negócios. O principal objetivo da formação é que os estudantes universitários tenham uma ideia de negócio e a desenvolvam ao longo das sessões, transformando-a num negócio viável e, idealmente, sustentável.

As ações são dirigidas a estudantes da Licenciatura em Ciências da Comunicação e do Mestrado em Comunicação e Gestão de Indústrias Criativas.

Realizada entre 29 de setembro e 15 de dezembro de 2017, a primeira edição foi um sucesso graças ao envolvimento dos estudantes da LCC que ao longo desse percurso deram forma a cinco ideias de negócio inovadoras: o PAS, o WIGN, o Porto Sentido, o Night Pass e o V&Go. Ao longo de 52 horas, os jovens empreendedores trabalharam quatro módulos: Indivíduo, Competências, Recursos e Projeto. No final das sessões, tiveram a oportunidade de realizar um pitch, com o tempo máximo de cinco minutos, que foi apresentado e avaliado por um júri composto por António Teixeira, presidente da AETICE – Associação das Empresas de Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (Santa Maria da Feira), André Leonardo, jovem empreendedor e apresentador da série televisiva “Faz Acontecer”, Paulo Matos, da equipa Powercoaching parceira do programa, e Joana Barbosa, em representação da AEP – Novo Rumo a Norte.

Joana Castro, estudante de Ciências da Comunicação, participou nas sessões e considera o projeto bastante enriquecedor. “Hoje em dia, as exigências do mercado não se cingem apenas às ciências. É crucial termos uma formação base na área do empreendedorismo, sendo jovens académicos”, afirma a estudante. Graças ao projeto, a participante compreendeu a “complexidade de formar um negócio de raiz e geri-lo” e aprendeu a “estipular metas e orçamentos”. “Sem este projeto, não teria noção do que envolveria formar um negócio”, conta .

Para Sofia Brito, também estudante de Ciências da Comunicação, a ação foi também uma mais valia, pois adquiriu “competências fundamentais ao mercado de trabalho”. “A nível pessoal, permitiu-me alargar a minha área de conhecimento, nomeadamente ao nível do empreendedorismo, algo que hoje em dia considero fundamental para todos os jovens, independentemente da sua área de formação”, garante a aluna.

O objetivo da formação é que os estudantes desenvolvam a sua ideia de negócio, transformando-a num negócio viável e, idealmente, sustentável.

Em breve haverá resultados da ação em curso, à qual será dada continuidade através da integração da FLUP na rede colaborativa e portal Novo Rumo a Norte, dois instrumentos facilitadores do acesso a informação, aconselhamento técnico de proximidade, apoio especializado no desenho e acompanhamento de candidaturas a programas de âmbito regional, nacional ou europeu, bem como de serviços de suporte empresarial com valor estratégico para os agentes económicos da região.

(Notícia elaborada com a colaboração de Joana Costa Lima)