Estudantes brasileiros da FEUP recebem incentivo financeiro

Os incentivos foram implementados pela primeira vez este ano. (Foto: Egídio Santos)

Foi no passado dia 19 de janeiro que decorreu a cerimónia de entrega dos certificados de atribuição de incentivos financeiros aos 11 estudantes brasileiros com melhores classificações de acesso à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) no ano letivo 2016/2017.

Implementado pela primeira vez este ano, este programa da FEUP concedeu incentivos financeiros a estudantes internacionais com base no mérito (classificação geral de acesso), sendo que o valor do incentivo para os estudantes selecionados corresponde ao diferencial entre o valor da anuidade total (3000€) e o valor da anuidade máxima para os estudantes nacionais, o que no caso do Brasil é de 1931,53€.

Leonardo Rodrigues tem 18 anos, vem do Colégio Bandeirantes de São Paulo, é estudante do 1º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica, é um dos beneficiários desta medida e faz um balanço extremamente positivo da experiência. “A Universidade é bem diferente do ensino médio (secundário). Temos mais autonomia e estamos a estudar aquilo que realmente queremos. Estou a gostar imenso da experiência e a integração foi bastante tranquila, facilitada com a participação nos ‘Orientation Days’. Além disso, integro a equipa de Remo do Centro Desportivo da Universidade do Porto (CDUP), que me apresentou a uma série de pessoas e me ajudou a estabelecer várias amizades. Vou ficar por Portugal de certeza; aliás, até os meus pais estão a pensar vir para cá viver!”

Já Natasha Vinciguerra Santos, de 18 anos, terminou o ensino secundário no Colégio Miranda, também em São Paulo, e veio frequentar o 1º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Industrial e Gestão. A estudante aponta as diferenças entre o ensino brasileiro e português: “aqui em Portugal os professores estimulam muito a autonomia dos estudantes, eles dão-nos as ferramentas e as técnicas para que sejamos nós a fazer e a aprender. Estou a adorar a experiência e realço a existência das salas de estudo comuns, que nos ajudam a conhecer pessoas e a nossa integração. Eu já estava interessada em vir estudar para a FEUP pelo prestígio da escola e pelos cursos lecionados, mas quando descobri a questão dos incentivos financeiros foi o fator decisivo que faltava; é sem dúvida uma excelente ajuda!”

Na sessão estiveram presentes o Diretor da FEUP, João Falcão e Cunha, o presidente do Conselho Pedagógico António Augusto Sousa, e alguns Diretores de Curso. Marcou também presença no evento o estudante brasileiro de 4º ano de Engenharia Civil e membro do Conselho Pedagógico Filipe Almeida, que aproveitou o momento para partilhar um pouco da sua experiência e para dar algumas dicas de estudo.

A atração de talentos oriundos do Brasil é um dos objetivos estratégicos da Faculdade de Engenharia, que tem vindo a levar a cabo uma série de ações e iniciativas que promovam a sua captação. No início do ano académico 2016/2017 a FEUP recebeu 45 novos estudantes brasileiros de grau nos mestrados integrados e licenciatura em Engenharia, sendo que também o número de estudantes nos mestrados independentes aumentou significativamente.

Neste momento já se encontra disponível no website www.fe.up.pt/brasil o edital para atribuição de incentivos em 2017/2018, estando também em curso até ao dia 30 de janeiro a 1ª fase de candidaturas a cursos de graduação.