Estudante da FEUP assina trabalho premiado na Holanda

Abel Nicolau, à direita na foto (foto: D.R.)

Abel Nicolau, estudante do 4.º ano do Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) foi reconhecido com o segundo lugar do prémio internacional “Nicolaas Westerhof “, que distingue os melhores jovens investigadores na área da modelação fisiológica a nível mundial.

Intitulado “A model for educational simulation of the hemodynamic consequences of severe coughing”, o trabalho foi realizado em co-autoria com Ana Filipa Santos, também estudante do MIB, e com Willem van Meurs, antigo docente da FEUP, e aborda as consequências hemodinâmicas da tosse grave, que incluem picos iniciais de pressão arterial e uma depressão pós-tosse, consequências estas que podem resultar na ruptura capilar de vários órgãos e em desmaio, respetivamente.

O estudo tem, por isso, o objetivo de apresentar um treino de gestão e prevenção, que passa pela adaptação do modelo cardiovascular com simuladores amplamente utilizados. O projeto resultou de um trabalho do segundo ano do MIB e foi selecionado entre nove candidaturas, entre as quais se encontravam papers assinados por estudantes de doutoramento e de pós-doutoramento.

Abel Nicolau recebeu a distinção pelas mãos do próprio Nicolaas Westerhof, que dá o nome ao prémio em questão e é um dos mais conceituados fisiologistas da Holanda. O prémio foi entregue durante a conferência “Applied Modeling in Acute Care”, realizada no passado dia 21 de abril, na Universidade de Twente, na Holanda.