Estudante da FEP recebe prémio internacional de investigação

Miguel de Oliveira Tavares Gärtner, FEPMiguel de Oliveira Tavares Gärtner, estudante do Doutoramento em Gestão da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP), vai ser distinguido com o primeiro prémio de investigação do Coller Institute of Venture (CIV), no valor de 10 mil dólares, pelo artigo “Should Public Venture Capitalists Invest, Co-Invest or Not Invest in Start-Up Firms?”, escrito em coautoria com os docentes da FEP Paulo Pereira e Elísio Brandão.

O Coller Institute of Venture (CIV), sedeado na Universidade de Tel-Aviv, é um centro de investigação de referência na área do capital de risco, fundado pela Coller Capital, um dos maiores investidores mundiais nesta classe de ativos.

Além do primeiro prémio, a atribuir ao estudante da FEP, vão ser também concedidas duas menções honrosas, no valor de mil dólares cada, a Song Ma, da Yale School of Management, pelo artigo “The Life Cycle of Corporate Venture Capital”, e a Anita Quas, da EMLYON Business School, pelo artigo “When Can Government Venture Capital Funds Bridge the Equity Gap?”.

“Este prémio é um dos melhores reconhecimentos que poderia imaginar pelo trabalho que desenvolvi no decurso da minha tese de Doutoramento, conjuntamente com o Professor Paulo Pereira e o Professor Elísio Brandão, enquanto orientador e coorientador, respetivamente”, salienta Miguel de Oliveira Tavares Gärtner.

No artigo de Miguel de Oliveira Tavares Gärtner é desenvolvido um modelo teórico baseado em opções reais, através do qual é determinado o timing ótimo do investimento numa dada Start-Up, de forma comparativa, entre um investidor privado de capital de risco e um investidor público de capital de risco, sendo também analisado o caso em que os investidores privados e públicos de capital de risco investem simultaneamente na Start-Up. Esta análise comparativa permite identificar de que forma o timing ótimo de investimento nas Start-Ups pode ser antecipado e, assim, salientar de que modo o investimento neste tipo de empresas pode ser potenciado.

“Do ponto de vista académico, trata-se de um pequeno contributo que demonstra como formulações matemáticas relativamente complexas – neste caso, baseadas em opções reais – podem gerar orientações práticas para as políticas públicas de promoção do empreendedorismo e do investimento de capital de risco. Importa, contudo, realçar que a implementação concreta destas mesmas orientações depende de um conjunto mais vasto de fatores do que aqueles que são abordados no trabalho de investigação e passíveis de uma formalização matemática simples. Acredito que este trabalho poderá ser inspirador para a conceção de melhores políticas públicas de promoção do empreendedorismo, conduzindo a novas questões e novas descobertas sobre o tema”, afirma o estudante.

Os vencedores da edição de 2016 dos Coller Institute of Venture Research Awards foram recentemente anunciados no website da instituição, estando a cerimónia de entrega de prémios agendada para o próximo dia 16 de setembro, na ESMT – European School of Management and Technology, em Berlim.

Estes prémios de investigação têm por objetivo encorajar a investigação académica na área do capital de risco e constituir uma plataforma internacional de discussão e disseminação dos trabalhos apresentados.