Estudante da FAUP em destaque no Concurso Internacional arturbain.fr

Cláudia Vieira da Silva frequentou a Escola Nacional Superior de Arquitetura de Paris Belleville ao abrigo do programa Erasmus (c) DR

Cláudia Vieira da Silva frequentou a Escola Nacional Superior de Arquitetura de Paris Belleville ao abrigo do programa Erasmus + (Foto: DR)

A estudante do 5.º ano do Mestrado Integrado em Arquitectura (MIArq) da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), Cláudia Vieira da Silva, fez parte da equipa de estudantes da Escola Nacional Superior de Arquitetura de Paris Belleville (ENSAPB) que venceu o segundo prémio – com menção para a Qualidade da Vida Social – no 24.º concurso Internacional arturbain.fr (2015-16), com um projeto para o bairro de La Noue em Bagnolet/Montreuil, nos arredores de Paris.

A proposta da equipa constituída por duas estudantes em mobilidade (Cláudia Vieira da Silva da FAUP e Denise Delgiglio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, FAU-USP) e três estudantes franceses (Mélusine Pagnier, Flávio Pellegrin, Pierre Benoit), com orientação da Professora Beatrice Mariolle, intitulou-se ‘La Machine a revê de La Noue’.

A partir da premissa “arquitetura participativa feita por todos e para todos”, a proposta distinguida propunha a “criação de uma grelha metálica com painéis modulares deslizantes, possibilitando o jogo da transformação espacial”. O bairro de La Noue em Bagnolet/Montreuil foi escolhido como local de intervenção e o projeto teve início com um conjunto de workshops de desenho de arquitetura realizados com jovens de associações locais e no Liceu Eugènie Coton com o objetivo de analisar o espaço público do bairro.

Cláudia Vieira da Silva, FAUP (equipa)

O projeto distinguido envolveu ainda uma estudante brasileira de mobilidade e três estudantes franceses. (Foto: DR)

A entrega do prémio e a exposição dos trabalhos vencedores vai decorrer a 26 de maio de 2016 em Paris, no edifício Tour Séquoia. O projeto irá ainda integrar o pavilhão francês na 15ª Bienal Internacional de Arquitetura – ‘La Biennale di Venezia‘ (28 de maio a 27 de novembro de 2016), através da associação Tepop presidida por Beatrice Mariolle.

A edição 2015-16 do concurso Internacional arturbain.fr, dirigido a estudantes e professores do ensino superior na área da arquitetura e urbanismo, teve como título ‘Pour un espace public heureux, mis en valeur par la lumière et les arts’. Patrocinado pelo Ministère du Logement et de l’Habitat durable, o concurso tinha como objetivo a seleção das melhores propostas para a elaboração de um projeto para um local existente, assente em três pontos fundamentais: a qualidade arquitetónica, a qualidade da vida social e o respeito pelo ambiente. O primeiro prémio foi entregue ao projeto ‘Le pont des sens’ da autoria de uma equipa de estudantes da Escola Politécnica de Varsóvia, na Polónia.

Cláudia Vieira da Silva frequentou a Escola Nacional Superior de Arquitetura de Paris Belleville ao abrigo do programa Erasmus + e considera a experiência como “uma mais-valia quer a nível profissional quer pessoal”. Acrescenta que “a realização de um projeto participativo foi uma maneira de melhor entender o papel atual do arquiteto, que tem nos dias de hoje uma responsabilidade social acrescida”.