Especialistas no estudo de fungos e algas reunidos no Porto

xx_sbc_participantes

Evento reuniu especialistas de todo o mundo nas áreas dos fungos, algas, líquenes, briófitas e pteridófitas. (Foto: DR)

A cidade do Porto recebeu no passado mês de julho a 20ª edição do Simpósio de Botânica Criptogâmica (SBC), um encontro bienal de especialistas no estudo de fungos, algas, líquenes, briófitas e pteridófitas que se realizou pela primeira vez na Invicta, fruto de uma iniciativa conjunta do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos Universidade do Porto (CIBIO-InBIO) e do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da U.Porto (CIIMAR).

Durante os três dias do evento (22 e 25 de julho), os 120 participantes, provenientes de 12 países, tiveram a oportunidade de participar em discussões científicas acerca de aspetos fundamentais relacionados com cada um dos grupos taxonómicos que estiveram na base na definição dos tópicos das sessões científicas (algas, briófitas, líquenes e pteridófitas). Pelo meio, puderam ainda desfrutar de um programa social que incluiu, entre outras atividades, uma visita à região vitivinícola do Douro.

Entre os participantes encontravam-se 53 estudantes universitários, que não perderam a oportunidade de assistir a um total de 128 comunicações focadas nos domínios da Biodiversidade e Conservação (71), Bioindicação e Gestão Ambiental (31), Sistemática, Evolução e Biogeografia (21), e Tecnologia e Património (6). Para isso contribuiu também a adopção de três línguas oficiais – Português, Inglês e Castelhano –, o que permitiu uma comunicação mais eficaz.

A Comissão Organizadora foi constituída por cinco investigadores da Universidade do Porto: Cristiana Costa Vieira (CIBIO-InBIO), Helena Canha Pinto Hespanhol (CIBIO-InBIO), Joana Maria Mendonça Marques (CIBIO-InBIO), Vítor Vasconcelos (CIIMAR) e Francisco Arenas Parra (CIIMAR)

O livro de resumos do XX SBC encontra-se disponível aqui.