Equipa portuguesa quer provar que é possível levar vida para Marte

(foto: DR)

A viagem experimental está agendada para 2018 (Foto: DR)

Chama-se Seed, integra estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e é uma das 10 equipas finalistas mundiais da Mars One, uma competição universitária que dará ao vencedor a possibilidade de enviar a sua carga experimental para Marte em 2018 numa missão não tripulada. As votações online decorrem até dia 31 de dezembro e a proposta vencedora a ser enviada para Marte será anunciada a 5 de janeiro de 2015.

A equipa Seed é composta por Daniel Carvalho, Guilherme Aresta, Miguel Ferreira e Teresa Araújo, do Mestrado Integrado em Bioengenharia da FEUP e do ICBAS, Raquel Almeida, estudante de doutoramento na Universidade do Minho, e Miguel Valbuena, estudante de doutoramento no Centro de Investigações Biológicas, em Madrid. Juntam-se a eles Helena Carvalho, investigadora do Instituto de Biologia Molecular e Celular da U.Porto (IBMC), e Jack van Loon, professor de ciências gravitacionais na Universidade de Amesterdão e investigador na Agência Espacial Europeia (ESA).

A equipa propõe-se a provar que é possível levar vida da Terra para Marte ao fazer germinar sementes de vários tipos de plantas em condições controladas no planeta vermelho. O projeto conta já com o apoio estratégico de entidades portuguesas e estrangeiras especializadas em diferentes áreas desde biologia de plantas até à área aeroespacial.

A seleção do vencedor será feita por votação pública, considerando a seguinte distribuição: 60% para a comunidade Mars One, 10% para o Facebook (basta fazer  like no logótipo da equipa),  10% para o Google+, 10% para o Twitter e 10% para a Newsletter do Mars One, acessível mediante inscrição aqui.

A Mars One é uma fundação sem fins lucrativos holandesa que pretende estabelecer a primeira base humana em Marte antes de 2030. Em 2018 vai ser enviada uma missão não tripulada que irá contar com a carga experimental da equipa universitária selecionada.

Mais informações em http://www.mars-one.com/.