Empresa do UPTEC quer criar maior base de dados nacional de explicadores

aulas_FEUP

Plataforma Explicas-me reduziu o processo de escolher um explicador a três cliques.

Nasceu em setembro de 2014 da vontade de cinco jovens estudantes da Universidade do Porto e, em menos de um ano, já reuniu mais de mil e setecentos explicadores e centros de explicações registados a nível nacional. Chama-se Explicas-me, é um serviço inovador e completamente gratuito para os alunos que procuram apoio pedagógico, sejam do 1º, 2º, 3º Ciclos ou até Secundário e Ensino Superior, e tem uma ambição: criar a maior base de dados consultável de ofertas de apoio pedagógico a nível nacional.

Com um investimento relativamente baixo e suportado inteiramente nas competências e empenho dos membros fundadores, das áreas do marketing, programação, gestão e design, este projeto incubado no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto já conseguiu mais de 1200 contactos com Explicadores e Centros de Explicação. Se por um lado no 1.º, 2.º e 3.º ciclos são os encarregados de educação que mais utilizam a plataforma e realizam os contactos, no Secundário e Ensino Superior são os próprios alunos que procuram e encontram as suas soluções em termos de apoio pedagógico.

De acordo com Renato Chainho, fundador do projecto, a ideia de negócio começou com uma frustração: a difícil procura e escolha de um explicador. “Pesquisar em anúncios, pedir referências a colegas, depois telefonar a cada um dos contactos a solicitar informações e preços. No fundo tinha imenso trabalho e muitas vezes não encontrava a solução que procurava”, refere o empreendedor. E de um problema nasceu uma ideia que resulta. “O Explicas- me resumiu todo esse trabalho a apenas três cliques e aumentou significativamente o leque de opções, pois por mais telefonemas que façamos, encontramos apenas uma pequena parte dos explicadores que estão realmente disponíveis na nossa área de residência”.

Só no final do primeiro período de aulas deste ano letivo, foram milhares os alunos e encarregados de educação que pesquisaram e contactaram com explicadores ou centros de explicação, contribuindo para o sucesso da primeira fase de lançamento do Explicas-me. Matemática, português, inglês, física e química, biologia e geologia, geometria descritiva, análise matemática, economia, contabilidade e estatística são apenas algumas das áreas e disciplinas mais procuradas.

A simplicidade na pesquisa é a razão do sucesso inicial da plataforma, bastando colocar a disciplina e o local de residência para aparecer logo uma página de resultados, tendo depois a possibilidade de seleccionar o grau de ensino e ordenar por preço ou distância. Os perfis estão completos, com foto, descrição, curriculum vitae e até um calendário com dias e horas a que o explicador está disponível.

Embora inteiramente gratuito para os alunos, o Explicas-me encontra a sustentabilidade financeira na cobrança de um valor residual aos explicadores / centros de explicações para terem acesso aos contactos interessados em si.