DVINE: Cosméticos que levam o Douro às peles femininas

A equipa da Douro SkinCare na Cosme Tokyo, em 2014

A equipa da Douro SkinCare na Cosme Tokyo, em 2014

“Um poema geológico. A beleza absoluta”. Foi, assim, que Miguel Torga caracterizou a região do Douro, num dos muitos versos que lhe dedicou. E tal como o escritor português, também a Douro SkinCare, empresa incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, encontrou no Douro a inspiração para inovar na área da Cosmética Biológica Seletiva, através da criação, desenvolvimento e produção de linhas de produtos que se baseiam em matérias-primas emblemáticas da Região Demarcada do Douro.

A primeira marca da empresa, a DVINE, diferencia-se pela particularidade inovadora de todas as fórmulas serem infundidas com uma fragrância exclusiva de vinho do Porto biológico. Lançada em 2014, a DVINE é constituída por quatro produtos: um leite de limpeza, um creme de dia, um creme de noite e um sérum.

Os produtos da marca contêm fórmulas ricas em ingredientes com eficácia comprovada, nomeadamente, extrato biológico de uva, óleo biológico de uva, água floral de uva, ouro de 24 quilates (nos produtos da linha GOLD), bem como ácido hialurónico, ácidos de frutos, coenzima 10, vitamina C e E, óleos e extractos vegetais e xilitilglucósidos. O resultado são produtos que atuam eficazmente sobre os sinais de envelhecimento e preservam a pele das agressões ambientais e da desidratação, numa abordagem anti envelhecimento inovadora e multissensorial.

Todos os produtos DVINE têm uma base científica, resultado da aposta na investigação por parte da Douro Skincare. O departamento de pesquisa e desenvolvimento da empresa trabalha em estreita colaboração com o departamento de Química da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

A Douro SkinCare, que venceu o Prémio Douro Empreendedor 2014 na categoria empresas com menos de dois anos, lançou agora uma campanha de crowdfunding na plataforma internacional Indiegogo, com o objetivo de angariar 50 mil euros para a produção de quatro novos produtos.

  • Sílvia Soares

    adorava participar num projeto assim. parabéns !