Docentes desafiados a criar unidades curriculares de Inovação Pedagógica

Concurso para financiamento de novas unidades curriculares pretende promover a aplicação de modelos educativos centrados no estudante, com metodologias de aprendizagem ativa.

A Universidade do Porto vai financiar com até 2500 Euros a criação pelos seus docentes de novas Unidades Curriculares de Inovação Pedagógica que sirvam como unidades de formação contínua multidisciplinares, abertas à frequência de estudantes de todas as faculdades e áreas de estudo.

Estão abertas até 31 de outubro de 2017 as candidaturas ao programa de seleção e financiamento de Unidades Curriculares de Inovação Pedagógica que cumpram o objetivo de promover formação com objetivos de aprendizagem em áreas transversais de conhecimento, que incluam a variedade dos conhecimentos/competências promovidos na U.Porto, metodologias de ensino e métodos de avaliação adequados a uma comunidade estudantil diversificada e modelos educativos centrados no estudante, com metodologias de aprendizagem ativa.

Os docentes interessados em candidatar-se a este programa, devem desenhar as suas propostas de Unidades Curriculares de Inovação Pedagógica de acordo com os critérios estabelecidos no regulamento do programa: as UCs propostas devem ser constituídas por uma equipa pedagógica que inclua docentes de duas ou mais unidades orgânicas da U.Porto (podendo até incluir investigadores e técnicos superiores), ter 1,5 ou múltiplos de 3 ECTS,  estar em conformidade com as regras gerais aplicáveis aos cursos/unidades de formação na área da educação contínua da U.Porto e decorrer nas instalações da Universidade ou noutras autorizadas pela direção da faculdade que sirva de sede administrativa.

Após o período de receção de candidaturas, as propostas submetidas serão avaliadas por um júri presidido pelo Pró-Reitor para a Inovação Pedagógica, Fernando Remião, que definirá quais as propostas a apoiar e qual o valor (até ao máximo de 2500 Euros) que cada projeto selecionado deverá receber como apoio para implementação da Unidade Curricular proposta.

Os critérios de seleção das propostas estão definidos no respetivo regulamento: a transversalidade dos objetivos de aprendizagem, a abrangência do público alvo, a inclusão de metodologias de ensino e métodos de avaliação adequados a uma comunidade estudantil diversificada, o recurso a modelos educativos centrados no estudante, com metodologias de aprendizagem ativa e a descrição e justificação, no contexto da Inovação Pedagógica, do financiamento solicitado.

Todas as informações e documentos necessários à candidatura a este programa encontram-se disponíveis na página de Inovação Pedagógica da Universidade do Porto.