Docente da U.Porto novamente distinguido pela maior associação profissional do mundo

Untitled-1

Vladimiro Miranda é diretor do INESC TEC e professor da Faculdade de Engenharia da U.Porto.

Vladimiro Miranda, diretor do INESC TEC e professor da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), e Leonel Carvalho, também ele investigador do INESC TEC, conquistaram o primeiro lugar na competição internacional “Application of Modern Heuristic Optimization Algorithms for Solving Optimal Power Flow Problems”, tendo a meta-heurística original criada no INESC TEC provado ser a melhor neste evento promovido pela Power & Energy Society do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE), a maior associação profissional do mundo.

A competição desafiava equipas em todo o mundo a desenvolver soluções para um conjunto de problemas específicos, difíceis, da operação de sistemas elétricos de energia, utilizando técnicas meta-heurísticas e envolvendo grandezas discretas e contínuas num ambiente muito não-linear. O tema era o problema conhecido como OPF (optimal power flow), cuja importância para a moderna segurança e eficiência económica da operação de redes elétricas é reconhecidamente vital.

Para resolver o exercício, os investigadores utilizaram a técnica Evolutionary Particle Swarm Optimization (EPSO), recorrendo ao algoritmo originalmente desenvolvido no INESC TEC por Vladimiro Miranda, publicado em 2002 no World Conference on Computational Intelligence do IEEE e progressivamente melhorado desde então.

No desafio, o EPSO, na versão moderna DEEPSO, “provou ser o mais competitivo da atualidade a nível mundial”, refere Vladimiro Miranda, o que garantiu o primeiro lugar à equipa do INESC TEC.

A solução foi apresentada durante o General Meeting do IEEE PES, que decorreu dia 29 de julho em Washington DC, juntamente com mais cinco equipas selecionadas como as melhores entre muitos competidores. Aí, receberam a confirmação e também o diploma de vencedores da competição. Para o diretor do INESC TEC e docente da FEUP, a distinção significa “nova afirmação internacional de tecnologias made in INESC TEC e nova chamada de atenção mundial para a qualidade do trabalho na Universidade e no nosso país”.

Recorde-se que, em 2013, Vladimiro Miranda já tinha sido agraciado com o Renewable Energy Excellence Award da IEEE Power and Energy Society.