Diretor da FMUP distinguido pelo Ministério da Saúde

Consolidação da parceria com o CHSJ e inauguração do novo edifício do CIM/FMUP são alguns dos pontos altos da liderança de Agostinho Marques.

José Agostinho Marques, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), vai ser distinguido com a Medalha de Serviços Distintos, Grau Ouro, do Ministério da Saúde, pela prestação de serviços relevantes à Saúde Pública.

Para além do trabalho desenvolvido na direção da FMUP desde 2007, o professor catedrático e diretor do Serviço de Pneumologia do Centro Hospitalar de São João (CHSJ) distingue-se por desempenhar um fortíssimo papel de “intervenção pública ao serviço da saúde dos portugueses, nos mais variados fóruns”, contribuindo em grande escala para o cumprimento de uma das missões que definiu para a FMUP: promover a Educação para a Saúde, numa lógica de estreitamento de relações entre a comunidade médico-científica e a sociedade.

José Agostinho Marques e a sua equipa, entre outras obras, “consolidaram a parceria privilegiada com o CHSJ como hospital nuclear da região, reforçando uma identidade histórica e essencial para a prossecução de uma missão e objetivo primeiro de uma instituição de ensino médico de excelência”, nota ainda o Ministério da Saúde.

Foi também pela mão do diretor da FMUP que se conseguiu, depois de uma década de espera, concretizar a adjudicação do edifício do Centro de Investigação Médica (CIM), inaugurado em 2012.

Paralelamente, Agostinho Marques tem contribuído de forma permanente para várias sociedades e associações científicas das quais se destaca a Fundação Portuguesa do Pulmão, da qual é presidente do Conselho Geral.

Recorde-se que as Medalhas de Serviços Distintos do Ministério da Saúde são atribuídas a “pessoas e organizações que tenham praticado atos de abnegação, caridade, altruísmo ou beneficência ou tenham prestado serviços relevantes à Saúde Pública ou à Assistência Social”.

Entre os galardoados de outros anos, constam nomes de figuras tão importantes como Jorge Sampaio e Leonor Beleza, e de instituições com grande impacto na sociedade como o Hospital de São João e a Direção-Geral de Saúde.

O galardão será atribuído pelo Ministro da Saúde, em cerimónia oficial, no próximo dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, nas instalações do Infarmed, em Lisboa.