Dia da FMUP 2018 celebra o passado e o futuro da Medicina

Walter Osswald é o orador convidado do Dia da FMUP 2018. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

“Respeitar o passado, perspetivar o futuro: um olhar sobre a FMUP” será o tema da intervenção de Walter Osswald, Professor Jubilado da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), na qualidade de orador convidado da edição de 2018 do Dia da FMUP,  sessão que assinala, no próximo dia 28 de fevereiro, os 193 anos do ensino médico no Porto.

A sessão solene inicia-se às 10h00, na Aula Magna da FMUP e terá então como ponto alto a intervenção de Walter Osswald (1928), personalidade incontornável na história da faculdade, cujo percurso mescla a intensa atividade académica com um notável percurso científico e profissional em domínios tão variados como a Farmacologia, a Terapêutica, a Bioética, mas também a Filosofia e o Direito. É essa mesma multidisplinariedade que marcará a sua intervenção no Dia da FMUP, na qual explorará de que forma áreas tão diversas como a bioética, a filosofia o direito e a cultura se cruzam com a prática da medicina.

Presidida pelo Reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, a sessão contará, também, com intervenções de Maria Amélia Ferreira, diretora da FMUP, António Oliveira e Silva, Presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar de São João, Inês Azevedo, presidente da AEFMUP, e Armando Jorge, representante do pessoal não docente e não investigador.

A cerimónia tem início às 10h00, na Aula Magna da faculdade. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

A investigação e o mérito académico serão também eixos centrais da cerimónia. Além da distinção dos novos doutores e agregados da instituição, serão atribuídos quatro prémios que visam destacar projetos de investigação.

O Dia da FMUP 2018 reserva ainda espaço para a divulgação da cultura. Para lá da atuação dos vários grupos académicos da faculdade, a sessão integrará a inauguração da exposição da “Obra de Mão” – resultado de uma parceria entre as faculdades de Belas Artes e de Medicina da Universidade do Porto. ”Obra de Mão” pretende revelar a afinidade destas duas áreas do saber. A exposição ficará patente na Hall do Centro de Investigação Médica até dia 8 de março de 2018.

Apesar de ter sido criada oficialmente em 1911, aquando da constituição da Universidade do Porto, a FMUP assenta nos alicerces da antiga Escola Médico-Cirúrgica (1836) e da Régia Escola de Cirurgia do Porto (1825), instituição que “fundou” o ensino médico na cidade do Porto. Frequentada atualmente por mais de mil estudantes dos vários ciclos de estudo, a FMUP é uma instituição referência para os estudantes portugueses que pretendem seguir Medicina, destacando-se pela formação de qualidade, pela intensa atividade científica e pela prestação de serviços à comunidade nas mais diversas áreas da ciência e da prática médicas.

As festividades continuam no mesmo dia com o Jantar do Dia da FMUP – cujas inscrições decorrem até dia 21 de fevereiro, quarta-feira.

Mais informações aqui.