Dez anos depois, o Orfeão Universitário do Porto regressa às digressões internacionais

Orfeão Universitário do Porto, 17 Janeiro de 2011

Para além da Tuna e do Coro, o OUP leva nesta digressão os seus diferentes grupos artísticos de cultura tradicional portuguesa.

Dez anos após a sua última digressão de verão, o Orfeão Universitário do Porto (OUP) retoma este ano a tradição de levar os seus grupos musicais e respetivos reportórios ao público internacional. De 2 a 20 de setembro, mais de 30 elementos do OUP, com idades compreendidas entre os 18 e os 60 anos, vão atuar em salas de espetáculos de Espanha, França, Suíça e Luxemburgo.

Serão 15 espectáculos em 18 dias de viagem, durante os quais a comitiva orfeónica passará por salas emblemáticas da Europa como o Teatro Auditório Municipal de Aldaia (Valência, Espanha), com capacidade para 1200 pessoas, a Place d’Armes (Luxemburgo) ou a Abadia Saint Philibert (Tournus, França).

A comitiva integra, para além da Tuna Universitária do Porto, os grupos de fado de Coimbra, fado tradicional, o coro de cantares tradicionais, o grupo de Cante Alentejano, de Danças Regionais de Douro, Minho, Açores e Madeira e as rábulas humorísticas dos Jograis do Orfeão Universitário do Porto.

Por isso, e tendo em conta os países que constam do programa, o Orfeão Universitário do Porto vai nesta digressão levar um pouco da cultura portuguesa a algumas das principais comunidades portuguesas na Europa, como é o caso das cidades suíças de Bulle, Neuchâtel e Sierre e da cidade do Luxemburgo.

Todas as novidades da digressão de verão podem ser acompanhadas na página do Facebook do Orfeão Universitário do Porto.

Os estudantes da Universidade do Porto que queiram tentar a sua sorte para participar na próxima digressão de verão podem desde já tentar a sua sorte: encontram-se neste momento abertas as inscrições para os 13 grupos artísticos do Orfeão Universitário do Porto.