DECO e Universidade do Porto debatem o Consumo Colaborativo

debate Consumo Colaborativo

Debate moderado pelo Pró-Reitor da U.Porto Carlos Brito juntou representantes da FEP, da DECO e da empresa Bookindrive (Foto: DR)

O Consumo Colaborativo esteve em discussão no passado dia 17 de novembro, no edifício da Reitoria da Universidade do Porto, no âmbito da segunda sessão do ciclo de debates públicos que U.Porto e a DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor organizam até final do mês, em torno dos diferentes desafios que se colocam à atual sociedade de consumo.

Nesta sessão, moderada por Carlos Melo Brito, pró-Reitor da U.Porto com os pelouros das relações com empresas, inovação e empreendedorismo, discutiu-se o modelo da economia partilhada como alternativa social e económica aos modelos tradicionais de negócios que se encontra em acelerada expansão.

O painel de oradores contou com a presença de Catarina Roseira, Professora Associada da Faculdade de Economia da U.Porto (FEP) e especialista em marketing, Mariana Almeida, jurista do Gabinete de Apoio ao Consumidor da DECO, e Tiago Gali Macedo, cofundador da empresa Bookindrive, plataforma de consumo colaborativo recentemente lançada em Portugal.

A assistir ao debate estava uma plateia repleta de participantes interessados em melhor compreender o modelo de economia partilhada e os seus impactos nas relações de consumo e proteção dos interesses dos consumidores, nas relações laborais e impulso ao empreendedorismo, na sustentabilidade do planeta, bem como na definição dos próprios conceitos de “consumer” e “prosumer”.

O último debate está agendado para dia 29 de novembro, às 18h00, e terá como tema o “Consumidor Economicamente Desprotegido, Uma nova realidade”.

A participação nas sessões é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia através do endereço decoforma.norte@deco.pt ou na página do evento.