Coreógrafo vem à FCUP explicar o que liga a Física à Dança Contemporânea

Gilles Jobin

Gilles Jobin foi distinguido em 2015 com o Grande Prémio de Dança na Suíça pelo seu contributo ao desenvolvimento da dança contemporânea.(Foto: DR)

No próximo dia 6 de abril, quarta-feira, pelas 17h00, o coreógrafo suíço Gilles Jobin vai estar no Auditório do Departamento de Física e Astronomia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), para falar com a comunidade académica / científica sobre como a Dança Contemporânea e a Física se relacionam.

Na base deste encontro, aberto a todos os interessados, está “Quantum”, espetáculo que resulta de uma residência artística no maior laboratório de partículas do mundo: o CERN em Genebra, na Suíça.

Artistas no meio de cientistas, o coreógrafo e artista visual imerso num universo de números e abstrações durante meses… Deste encontro, e sob a bandeira do Bosão de Higgs, resultou uma colisão artística de grande energia. A criação de “Quantum” (quantidade mínima de energia que pode ser emitida ou absorvida) foi uma experiência emocionante, nas palavras de Gilles Jobin, que acabou por injetar fisicalidade humana à abstração do espaço e tempo, concebendo uma impressionante escultura de luz.

Composta por quatro lâmpadas que balançam num movimento circular constante, a instalação destaca as principais leis da física e responde a flutuações imperceptíveis, onde os bailarinos e as luzes se fundem num objeto peculiar.

A estreia nacional de “Quantum”, acontece dia 8 de abril, às 21h30, no Teatro Municipal do Porto. Após o espetáculo, Orfeu Bertolami, Presidente do Departamento de Física e Astronomia da FCUP, irá moderar uma conversa com o público.

Gilles Jobin recebeu em 2015 o Grande Prémio de Dança na Suíça pelo seu contributo ao desenvolvimento da dança contemporânea. Para além das produções próprias, o coreógrafo criou a sua própria companhia, com sede no Studio 44 em Genebra, um espaço pioneiro de reconhecimento da dança contemporânea na Suíça que acolhe formações e residências para jovens intérpretes.