Como utilizar as Neurociências para melhor ensinar nas universidades

Aula FMUP

Seminário para docentes vai explorar a utilização das Neurociências para desenvolver métodos de ensino mais eficazes.

Colocar o mais recente conhecimento científico sobre o cérebro humano ao serviço do desenvolvimento de novos e mais eficazes métodos de ensino é o tema do próximo seminário de formação pedagógica para docentes que se irá realizar na Universidade do Porto, no âmbito do Projeto Sucesso Académico.

Os mais recentes avanços científicos nas Neurociências, em particular os estudos sobre os mecanismos biológicos subjacentes à aprendizagem e à aquisição de conhecimentos, providenciam pistas significativas sobre as metodologias de ensino mais eficazes.

Muitos professores universitários, como é o caso de Eric Mazur, conceituado professor de Física de Harvard, têm já desenvolvido, com sucesso, novas estratégias de promoção da aprendizagem que têm por base os dados providenciados pelas Neurociências.

Para que os docentes da Universidade do Porto e outras instituições de Ensino Superior portuguesas possam ter um conhecimento mais aprofundado sobre estas questões, às 16h30 do dia 13 de setembro, o Salão Nobre da Reitoria da U.Porto acolhe o seminário “Neurociências e Harvard: o que nos ensinam”.

O seminário é composto por duas palestras. A primeira, intitulada “Como aprendemos e como podemos ensinar melhor a aprender”, estará a cargo de João Cerqueira, doutorado em Neurociências e professor associado na Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho. A segunda, sob o título “Ensinar Física sem exames e sem aulas expositivas: a experiência da Universidade de Harvard”, será protagonizada por Ana Rita Mota, professora assistente (coordenadora) na Universidade de Harvard em 2015/16.

As palestras serão seguidas de uma mesa-redonda moderada pelo Vice-Reitor da U.Porto para a Formação e Organização Académica, Pedro Nuno Teixeira, onde haverá a oportunidade de relacionar e debater aquilo que de mais recente se descobre nos mecanismos neuronais de aprendizagem com os modelos pedagógicos que se aplicam em Harvard por Eric Mazur.

A participação neste seminário é gratuita para todos os docentes universitários, estando apenas sujeita a uma inscrição prévio no site http://inovacaopedagogica.up.pt.