Comissão de Trabalhadores da U.Porto vai a votos

Órgão inédito no Ensino Superior em Portugal tem como missão a defesa dos interesses e direitos de todos os colaboradores da comunidade académica.

Vai decorrer no próximo dia 22 de outubro o ato eleitoral para a criação da primeira Comissão de Trabalhadores da Universidade do Porto (CT-UP), um órgão inédito no quadro no Ensino Superior em Portugal e que tem como missão a defesa e a valorização dos interesses e dos direitos de todos os colaboradores da comunidade académica através de uma participação ativa e construtiva na gestão da instituição.

Concorre a esta eleição apenas uma lista, intitulada “JUNTOS FAZEMOS A UP”. A campanha eleitoral decorre de 14 a 18 de outubro e será marcada pela realização de três sessões de esclarecimento nos três polos da U.Porto, a 17 e 18 de outubro. A primeira sessão decorre já esta quinta-feira, a partir das 10h00, no Salão Nobre do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS). As restantes sessões têm lugar na sexta-feira, na Sala de Atos da Faculdade de Engenharia (10h00) e no anfiteatro 041FC4 da Faculdade de Ciências (14h00).

Os procedimentos  com vista ao processo eleitoral efetuar-se-ão de acordo com o definido no Calendário Eleitoral. Os cadernos eleitorais estão disponíveis numa página concebida para o efeito no sistema de informação SIGARRA da U.Porto. Basta aceder à opção “Documentos” (menu lateral direito),  na qual podem também ser consultados os documentos mais pertinentes que conduziram à constituição da Comissão , como convocatórias de reuniões, regulamentos, estatutos, cadernos e listas eleitorais, entre outros.

Recorde-se que a criação da Comissão de Trabalhadores da U.Porto foi deliberada após ato eleitoral realizado no passado dia 23 de julho de 2013, em todas as Unidades Orgânicas e Serviços Autónomos da U.Porto (ver resultados da votação). No mesmo dia foi aprovado o projeto de Estatutos da Comissão, publicados entretanto no Boletim do Trabalho e do Emprego nº 33, de 08/09/2013, e registados em 23 de agosto de 2013, ao abrigo do artigo 438.º do Código do Trabalho, sob o n.º 103, a fls 194 do livro n.º 1.

Solicita-se a todos os colaboradores da comunidade académica que se empenhem neste processo, participando nesta fase crucial do desenvolvimento da Universidade do Porto.

Mais informações aqui.