Cinema do mundo em exibição na Faculdade de Belas Artes

O “CineMundus” arranca a 9 de março com a exibição do filme “A Lancheira”, do indiano Ritesh Batra. (Foto: DR)

Índia, Cazaquistão, Bósnia Herzegovina, África do Sul, Tunísia, França e Brasil. Entre os meses de março e abril, estes são os destinos que integram o “roteiro” de mais uma edição do “CineMundus”, um ciclo de Cinema organizado pelo Serviço de Serviço de Relações Internacionais da U.Porto, em colaboração com a Faculdade de Belas Artes (FBAUP), que durante cinco noites, vai exibir cinco filmes de cinco regiões do mundo.

Aberto a todos os estudantes da Universidade, mas dirigido especialmente aos estudantes de mobilidade internacional, o “CineMundus” arranca no dia 9 de março com a exibição do filme “A Lancheira”, de Ritesh Batra, cuja ação se desenrola na cidade indiana de Mumbai. Esta primeira sessão contará com a presença da Vice-Reitora para as Relações Externas e a Cultura, Maria de Fátima Marinho, que vai fazer a abertura do ciclo.

O filme “Venus Negra”, de Abdellatif Kechiche, será exibido a 30 de março. (Foto: DR)

Uma semana depois, a 16 de março, será exibido “Lições de Harmonia”, filme de Emir Baigazin que conta a história de um jovem que vive com a avó arredores de uma pequena localidade no Cazaquistão. A 23 de março o destino será uma pequena cidade no sul da Bósnia-Herzegovina, palco de “Cirkus Columbia”, do realizador Danis Tanović. Segue-se uma viagem ao encontro da “Venus Negra”, obra do tunisino Abdellatif Kechiche, a exibir no dia 30 de março. A fechar o cartaz, no dia 6 de abril, estará “Birdwatchers”, filme do brasileiro Marco Bechis que aborda a vida dos índios Guarani.

Com entrada livre e gratuita, as sessões têm lugar sempre à quinta-feira, às 21h00, na Aula Magna da FBAUP (ver programa completo). A 7 de abril, também às 21h00, haverá ainda espaço para um debate sobre os diferentes filmes e respetivos países de origem, com a participação de vários convidados especiais e um programa cultural que inclui música e uma pequena mostra gastronómica.

A entrada é livre.