CIIMAR forma pescadores para campanhas de amostragem

21 profissionais de pesca de Castelo de Neiva e da Apúlia receberam o certificado

No âmbito do projeto foram certificados 21 profissionais de pesca de Castelo de Neiva e da Apúlia. (Foto: CIIMAR)

Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR), em parceria com a Associação Pró-Maior – Segurança dos Homens no Mar – certificou de forma gratuita 21 pescadores profissionais do Alto Minho para a realização de campanhas de amostragem científicas. Esta certificação permitirá que estes profissionais sejam futuramente contratados por diversas entidades, alargando assim as suas atividades profissionais e diversificando as suas fontes de rendimento.

Aliando práticas científicas aos conhecimentos empíricos dos profissionais de pesca, o projeto CientAmostra “nasceu da necessidade de diversificar e reestruturar as atividades económicas e sociais dos profissionais de pesca, identificado como uma das linhas prioritárias para o sector” refere a investigadora Sandra Ramos, coordenadora do projeto.

Ao longo de várias sessões, profissionais de pesca de Castelo de Neiva e da Apúlia participaram em ações teóricas e práticas referentes aos vários processos de amostragem científica de meios aquáticos, tendo oportunidade de aprender a operar equipamentos especializados para a recolha de dados científicos.

Todos os pescadores certificados foram integrados numa base de dados disponível online, onde se poderá encontrar todas as informações necessárias para a contratação destes serviços.

O projecto CientAmostra – “Certificação científica para a realização de campanhas de amostragem” foi cofinanciado pelo PROMAR e pelo Grupo de Ação Costeira do Alto Minho.