Cientista da NASA lidera “viagem” a Júpiter na FCUP

Jared Espley trabalha atualmente no Laboratório de Magnetoesferas Planetárias, no Centro Goddard da NASA. (Foto: DR)

O cientista norte-americano Jared Espley, membro do Programa Espacial Juno, da NASA, vai estar no próximo dia 21 de abril, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), onde dará uma palestra sobre a exploração espacial de Júpiter e das suas luas.

Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar, sendo normalmente reconhecido pelas suas impressionantes tempestades e cintos de nuvens. Contudo, sabe-se ainda muito pouco sobre o funcionamento do planeta, a não ser que tem um campo magnético tremendamente poderoso e que as suas auroras incandescentes estão aparentemente ligadas às suas luas.

São esses mistérios que se escondem sob as nuvens de Júpiter que a nave espacial Juno está a explorar desde o final de 2016. Futuras missões, tanto da NASA como da Agência Espacial Europeia (ESA), tencionam explorar as luas principais de Júpiter, um mundo fascinante, com vulcanismo dinâmico, oceanos subterrâneos e até locais possivelmente adequados para a vida.

Na sua passagem pela FCUP, Jared Espley partilhará então alguns dos detalhes desta missão espacial, da qual é um dos principais responsáveis, esperando dar a conhecer de que forma a exploração de Júpiter  pode ajudar a “explicar melhor à Humanidade o seu lugar no Universo”.

Licenciado em Astrofísica pela Universidade da Virginia, mestre e doutorado em Física pela Universidade de Rice, no Texas, Jared Espley é um cientista planetário da NASA e trabalha atualmente para o Laboratório de Magnetoesferas Planetárias, no Centro Goddard da NASA.

Com o título “Exploring Jupiter and its moons”, a palestra é aberta ao público em geral, ainda que seja especialmente indicada para estudantes.

Organizada pela FCUP, em colaboração com a Embaixada dos Estados Unidos da América, a sessão tem início às 9h00, no lugar no Anfiteatro 040 (Edifício Biologia, FC4) da FCUP (Rua do Campo Alegre, 1021/1055). A entrada é livre, mas sujeita à lotação da sala.

Mais informações aqui.