Centro de Investigação em Química da U.Porto vence prémio internacional

A investigação em "Química Alimentar" tinha como objetivo perceber como diferentes compostos fenólicos ativam diferentes recetores do sabor amargo nos seres humanos.

O grupo de “Química Alimentar” do Centro de Investigação em Química da Universidade do Porto (CIQ-UP), liderado pelo docente da FCUP Victor de Freitas, venceu o prémio “Food Chemistry Research Article of the Year Award 2013”. O galardão foi atribuído pela American Chemical Society, responsável pela edição de algumas das revistas científicas de química mais reputadas em todo o mundo.

Com o objetivo de perceber como diferentes compostos fenólicos ativam diferentes recetores do sabor amargo nos seres humanos, o projeto de Victor de Freitas e Susana Soares, investigadora do CIQ-UP, foi distinguido como o melhor trabalho de 2013 na área das Ciências Alimentares, destacando-se entre cerca de 2000 artigos científicos publicados nesse ano.

Sediado no Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, o CIQ-UP tem vindo, nos últimos anos, a atrair um grande grupo de jovens investigadores, sendo considerado um local privilegiado para a supervisão e desenvolvimento de trabalhos de investigação.

O objetivo primordial do Centro de Investigação em Química da U.Porto é contribuir para o avanço da investigação fundamental em variadas áreas da Química. Para além das diversas atividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D), o Centro tem, também, como objetivo a prestação de serviços à Comunidade.

O prémio será entregue aos membros do CIQ-UP no ACS National Meeting (Encontro Nacional da American Chemical Society), que terá lugar em São Francisco, na Califórnia, em Agosto de 2014. No mesmo evento, os vencedores apresentarão uma palestra sobre a investigação realizada.

A American Chemical Society (ACS) é a maior sociedade científica do mundo e uma das maiores fontes mundiais de informação científica autorizada, que está na vanguarda da evolução química mundial.