Campo de futebol da FADEUP abre-se à cidade

Durante os próximos 10 anos, o campo da FADEUP será gerido pela Porto Lazer, no período pós-letivo.

O campo sintético da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP), localizado no Polo II da U.Porto, na Asprela, vai passar a fazer parte da rede de complexos desportivos municipais. O protocolo agora assinado entre a faculdade e a Câmara Municipal do Porto, prevê que, durante os próximos dez anos, o campo vai estar sob gestão da empresa municipal Porto Lazer no período pós-letivo, a partir das 19h30 nos dias úteis e durante o fim-de-semana.

A partir de janeiro, o campo da FADEUP passa assim a receber, no período noturno e ao fim-de-semana, as equipas de formação do Sport Comércio e Salgueiros. Os mais de 300 atletas das camadas mais jovens do clube – até então dispersos por vários locais – passam a treinar na freguesia onde o histórico clube da cidade está sediado.

“A missão da Universidade passa pelo ensino, investigação e extensão à comunidade. Fazia, por isso, todo o sentido apoiarmos o tecido desportivo e reforçarmos a relação com a Câmara Municipal do Porto”, comentou António Manuel Fonseca, diretor da Faculdade de Desporto da U.Porto, aquando da assinatura do protocolo.

“Sabemos o défice que o Porto ainda tem no que se refere à oferta de equipamentos desportivos, pelo que este é mais um importante passo que estamos a dar no sentido de garantir a máxima rentabilização dos recursos que já existem na cidade”, reconheceu Rui Moreira. “O protocolo que hoje aqui assinalámos com a Universidade do Porto faz, por isso, todo o sentido, porque nos permite rentabilizar mais este ativo através de um investimento mínimo”, acrescenta o Presidente da Câmara Municipal do Porto.

O acordo estabelecido entre a FADEUP e a Câmara Municipal define que as despesas mensais inerentes à manutenção do campo e utilização dos balneários sejam asseguradas pela Porto Lazer. Paralelamente, o protocolo envolve um investimento camarário de cerca de 50 mil euros, para a instalação de torres de iluminação no campo, permitindo que este seja utilizado durante o período nocturno.