Câmara do Porto distingue personalidades da Universidade

Adélio Mendes, Medalha CMP 2015

Adélio Mendes, professor da FEUP, foi um dos homenageados deste ano. (Foto: Miguel Nogueira/CMP)

A Câmara Municipal do Porto (CMP) distinguiu, no dia 9  de julho, oito figuras ligadas à Universidade do Porto com a Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro, numa cerimónia realizada nos jardins do Palácio de Cristal e que juntou os 27 homenageados com a edição 2015 das medalhas da cidade.

Entre as personalidades distinguidas destaca-se o nome de Adélio Mendes, professor catedrático e investigador do Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia (FEUP), onde se tem notabilizado ao nível do desenvolvimento de tecnologias inovadoras de produção de energia elétrica.  Distinguido em 2012 com uma Advanced Research Grant no valor de 2 milhões de euros atribuída pelo European Research Council (ERC), Adélio Mendes foi um dos principais impulsionadores de duas tecnologias fotovoltaicas que permitem a conversão direta da luz solar em energia elétrica de forma renovável e sustentável, cuja propriedade intelectual foi vendida recentemente por 5 milhões de euros.

Este ano a autarquia decidiu também homenagear cinco antigos estudantes da U.Porto. São eles: a nutricionista Alexandra Bento, fundadora e Bastonária da Ordem dos Nutricionistas e antiga estudante da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP); o médico psiquiatra Júlio Machado Vaz, especialista nas áreas da toxicodependência e da sexualidade e antigo estudante da Faculdade de Medicina (FMUP); o médico dentista Orlando Monteiro Silva, Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas e antigo estudante da Faculdade de Medicina Dentária (FMDUP); a banqueira Maria Cândida Rocha e Silva, Presidente do Banco Carregosa, e a jornalista Nassalete Miranda, fundadora e dirigente do jornal cultural “As Artes entre as Letras”, ambas licenciadas em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras (FLUP).

A lista de medalhados inclui ainda os nomes do arquiteto João Carlos Martins Lopes dos Santos, responsável pelo projeto de recuperação e reabilitação da Igreja e Torre dos Clérigos e doutorando em Arquitetura na Faculdade de Arquitetura (FAUP), e de Maria Amélia Cupertino de Miranda Almeida, presidente do Conselho de Administração da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda que, até junho passado, integrou o Conselho de Curadores da Universidade do Porto.

Para além das medalhas de ouro, a cerimónia ficou marcada pela entrega da Medalha de Honra da Cidade – a mais alta condecoração do conjunto de medalhas atribuídas anualmente pela CMP – , galardão que, em 2013, foi atribuído à Universidade do Porto. Este ano, os distinguidos foram o Bispo Emérito de Setúbal, D. Manuel Martins, o advogado Miguel Veiga e o Instituto Politécnico do Porto.