ASAE procura aconselhamento científico na U.Porto

alimentação saudável

Os investigadores da U.Porto vão prestar aconselhamento em diversas áreas das ciências alimentares.

Seis investigadores da Universidade do Porto integram o lote restrito de 31 figuras do universo científico e académico nacional escolhidas para integrar o Conselho Científico e os Painéis Temáticos da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), duas entidades responsáveis por emitir pareceres e apoiar cientificamente as decisões da ASAE e do Governo Português  nos domínios da segurança alimentar.

Das personalidades nomeadas sob proposta do inspetor-geral da ASAE entre nomes de reconhecido mérito científico em diferentes campos do saber, o destaque vai para Pedro Graça, professor da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP), que vai presidir o painel científico para as questões ligadas à Nutrição e Alergias Alimentares. Esta equipa integra ainda os nomes de Renata Barros, também da FCNAUP , e de Isabel Maria Ferreira, do Laboratório de Bromatologia da Faculdade de Farmácia da U.Porto (FFUP) e do REQUIMTE.

É igualmente da Faculdade de Farmácia da U.Porto / REQUIMTE que saem os outros investigadores nomeados. Maria Beatriz  Oliveira, especialista em Ciências Químicas,  integra o painel de Aditivos e Contaminantes da Cadeia Alimentar. Luísa Peixe, do Laboratório de Microbiologia, vai prestar aconselhamento no domínio dos Riscos Biológicos. Finalmente, Maria de Lourdes Bastos, Professora Catedrática e investigadora do Serviço de Toxicologia da FFUP, é uma das sete personalidades escolhidas para integrar o Conselho Científico da ASAE.

Para além do reconhecimento das competências dos vários investigadores nomeados, Pedro Graça vê nestas nomeações um motivo de orgulho para a Universidade. “Admitindo que as nomeações são realizadas em função do mérito científico, de forma independente e podendo ser recrutados investigadores de qualquer universidade nacional, este facto realça a qualidade e prestígio dos nossos professores e investigadores”, defende o docente.

“Por outro lado, significa que os nomeados estão em rede permanente com os melhores investigadores e instituições na área da segurança alimentar em todo o mundo, num amplo sistema de vigilância e a colaborar regularmente com eles. Ou seja, colocando a U.Porto nesta vanguarda e colaboração institucional regular é fundamental para a internacionalização e reconhecimento da nossa instituição”, acrescenta.

A cerimónia de tomada de posse dos investigadores teve lugar no passado dia 25 de junho, em Lisboa, durante o Seminário sobre “Avaliação de Risco e Atividade Laboratorial na Segurança dos
Alimentos” promovido pela ASAE.