App nascida na U.Porto é a segunda melhor do mundo na área da saúde

Daniela Seixas, CEO da Tonic App. (Foto: DR)

Já foi apelidada de “Google para médicos” e é a app mais utilizada por clínicos em Portugal. Chama-se Tonic App, foi desenvolvida por uma empresa spin-off nascida no seio da Universidade do Porto e especializada na área da saúde digital mobile, e acaba de conquistar o segundo lugar na competição de melhor aplicação móvel na área da saúde na conferência MEDICA 2018 – a maior feira de saúde do mundo que acontece, anualmente, em Dusseldorf .

O principal produto da empresa é uma aplicação que junta, num único sítio, informações úteis para médicos que os auxiliam no diagnóstico e tratamento dos seus pacientes. Desenvolvida numa lógica “de médico para médico”, a app possibilita a partilha de informação entre colegas para que estes se possam ajudar, por exemplo, a estabelecer um diagnóstico mais difícil. Atualmente já é utilizada em diferentes especialidades como Medicina Geral, Medicina Familiar ou Pediatria.

A plataforma “ajuda, por um lado, os médicos a diagnosticar e tratar os seus doentes e, por outro, ajuda também os prestadores de cuidados, a indústria farmacêutica e outros players da área da saúde a estarem mais perto dos médicos via mobile”, explica Daniela Seixas (CEO). As funcionalidades da app, que já é utilizada por mais de 5000 médicos em Portugal, impressionou o júri da MEDICA, constituído por especialistas internacionais em saúde digital da Alemanha, China, Eslovénia, França, Índia e Quénia. Além do reconhecimento associado, a Tonic App leva para casa acesso a mentoria por parte da Bayer, a multinacional alemã líder nas ciências da vida.

Durante a entrega de prémios numa competição que teve este ano a sua ,7ª edição, Daniela Seixas falou do momento importante em que a Tonic App se encontra no que diz respeito à internacionalização: “O sucesso tão rápido em Portugal junto da comunidade médica fez-nos decidir que é o momento de internacionalizar. Orgulho-me de comunicar que a Tonic App já está disponível no Reino Unido, França e Espanha, três dos cinco mercados mais importantes na área da saúde na Europa.”, refere.

Recorde-se que em maio deste ano a spin-off U.Porto conquistou também o primeiro lugar no Lisbon Summit 2018. No ano anterior havia arrecadado também uma primeira ronda de financiamento por parte da Portugal Ventures no valor de 100 mil euros. Fundada há menos de dois anos, a TonicApp já é utilizada por mais de 17% dos médicos portugueses.