Alumnus da FEUP leva “ciência divertida” à televisão

Cada episódio tem a duração de um minuto e meio aborda diferentes temas ligados à Ciência.

São 65 episódios com a duração de um minuto e meio cada, que pretendem informar especialmente as crianças dos 6 aos 10 anos sobre temas ligados à Ciência, e de interesse também para o público em geral. Assim se apresenta a “Visiokids”, uma série de animação 3D focada no tema da Ciência, cuja produção conta com o contributo de Joaquim Fontes, estudante do Mestrado de Multimédia da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e artista 3D, que trabalhou em conjunto com uma dezena de animadores, modeladores e artistas da Insizium.

Através desta série, pretende-se que as crianças adquiram conhecimentos na área da Ciência de uma forma descontraída e divertida. Atómico (energia, luz, química e novos materiais), Bit (informática e robótica), Cósmico (astronomia e astrofísica), Cassiopeia (geografia, animais, plantas e ambiente) e Vita (corpo humano, ADN e vida) são as cinco personagens principais: cinco amigos, cada uma representando uma área diferente de conhecimento, que, entre diversas aventuras, vão descobrindo novos factos científicos que acompanham o dia-a-dia.

Cinco personagens principais vão descobrindo novos factos científicos que acompanham o dia-a-dia.

Os ambientes em que as ações decorrem são tanto o de laboratório como o de jardim, ou ainda um sótão, conforme o desenrolar da aventura em que os cinco amigos participam. O motor a jato, o veículo lunar, a vida no espaço, a oxidação, os sismos e os vulcões, são algumas das aventuras e experiências, recheadas de humor e espontaneidade.

A série está no ar desde o dia 23 de setembro, no programa Zig Zag da RTP2, e vai ser transmitida, diariamente, até dezembro. Cada episódio conduz o espetador por diferentes temáticas, e às 6ªs feiras, desafia à realização de uma experiência científica, que pode ser executada em casa, de forma segura e eficaz.

O “Visiokids” é um conceito do Visionarium, solicitado à Insizium, sendo os conteúdos científicos da responsabilidade do Visionarium, com a consultoria científica da Universidade do Porto. A série tem o apoio do COMPETE-Programa Operacional Fatores de Competitividade.

Veja o trailer e conheça mais detalhes do projeto aqui.