Alumni da U.Porto brilham na Hackathon Farfetch 2016

(foto: D.R.)

Equipa “Tech to Impress” (Foto: DR)

A equipa “Tech to Impress”, composta por quatro antigos estudantes das faculdades de Engenharia (FEUP) e de Letras (FLUP) da Universidade do Porto, conquistou o 3.º lugar do Hackathon Farfetch 2016, uma competição de programação que desafiou os participantes a criarem, em apenas 24 horas, soluções inovadoras capazes de revolucionar o mundo da moda de luxo.

“DotFetch”. Assim se degina a solução proposta por Pedro Borges, Tiago Mota, Tiago Rodrigues (alumni da FEUP) e Sandro Pereira (alumnus da FLUP), aos quais se juntou ainda Carolina Correia, antiga estudante da Universidade de Aveiro. Basicamente, consiste num assistente de compras para o catálogo da Farfecth, criado com o objetivo de solucionar um grande problema das pessoas que habitualmente fazem compras online: a oferta é tão grande que é difícil pensar nas melhores combinações de peças. A partir daí, foi desenvolvido um add-on que consiste num carrinho de compras da Farfetch que acompanha o utilizador em todos os sites que visita e que automaticamente faz a ligação a outros sites que contenham peças de designers disponíveis no catálogo da marca.

Concretizando: ao navegar num blogue de moda, o add on avisa que um determinado artigo está disponível no site da Farfetch e é possível adicioná-lo ao carrinho sem abandonar o blog. É ainda possível colocar no carrinho peças encontradas em diversos blogues, pois o carrinho é único e anda sempre com o utilizador, mesmo se ele navegar por outros sites e blogues.

Aliado à fácil navegação, esta ferramenta possui ainda um lado de análise, permitindo à Farfetch perceber que bloggers influenciam mais ou menos os seu clientes e perceber quais os vetores em que deve investir. Numa perspetiva de ampliar o negócio, o protótipo foi totalmente construído e pode desde já ser utilizado.

O Hackathon decorreu na cidade do Porto nos dias 29 e 30 de outubro, tendo recebido um total de 36 equipas.

Sobre a Farfetch

Criada em 2008 em Londres por José Neves, a Farfetch assemelha-se ao e-Bay e à Amazon, mas com artigos de moda e de luxo, criteriosamente selecionados e analisados.

Em todo o mundo, a Farfetch tem uma base de dados de mais de 400 mil compradores, e agrega num único portal mais 100 mil artigos de luxo de 300 boutiques independentes, sediadas em cerca de 30 países, que por sua vez são vendidos para 400 mil clientes e expedidos para mais de 150 países.