Alumni da FEUP criam aplicação que ensina diferentes línguas

Guilherme Fialho Guedes, Nelson Ribeiro Cardoso e João Pedro Cruz são os três antigos estudantes da FEUP ‘por trás’ da Parli. (Foto: DR)

Três colegas, três diferentes backgrounds, mas uma necessidade comum: aprender diferentes línguas de forma cómoda, rápida e intuitiva. Assim nasce a Parli, aplicação criada por um grupo de três antigos estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) que ajuda o utilizador a aprender diferentes línguas com conteúdos de interesse para o dia a dia.

Guilherme Guedes concluiu o Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica, Nelson Ribeiro Cardoso frequentou o Mestrado Integrado em Engenharia Civil e João Pedro Abrantes frequentou dois cursos: iniciou o Mestrado Integrado em Engenharia Civil, mas depois ‘trocou’ para o de Engenharia Informática e Computação. Depois de tentarem aprender línguas com as ferramentas online que existiam até então, aperceberam-se que havia sempre alguma falha em alguma área. Já para não falar que não existia nenhuma app completamente grátis, assim como não encontraram uma com conteúdos úteis para o dia-a-dia ou focados na parte mais importante de aprender uma língua, a conversação.

O grupo começou então a utilizar várias ferramentas fora destas plataformas – filmes, música, rádio… – e surgiu então a ideia de combinar tudo isto numa única plataforma. Utilizando histórias interessantes com situações reais, artigos do interesse para utilizador, a Parli tem a capacidade de inserir o utilizador num contexto real e de criar assim uma ligação ao mundo exterior desde o início da aprendizagem. Estas situações podem ir desde perder a mala no aeroporto, a pedir um prato típico num restaurante. Para aumentar a imersão nestas histórias, as pessoas são ‘transportadas’ para as cidades onde se fala a língua que se está a aprender (se está a aprender Alemão, a história acontece em Berlim, por exemplo).

Outro dos grandes fatores diferenciadores desta ferramenta é o seu livre acesso: qualquer pessoa, não obstante as suas capacidades financeiras, pode utilizá-la, já que é totalmente gratuita.  Para quem fala português, estão disponíveis cursos de inglês, francês, alemão, italiano e espanhol. Para quem fala inglês, a Parli oferece também um curso de português cuja história se passa na cidade do Porto.

A plataforma segue o conceito de aplicação web híbrida (Progressive Web App – PWA), ou seja, a versão desktop é mobile friendly e é facilmente descarregada para o telemóvel quando o utilizador acede ao site através de um smartphone. Para usufruir desta app, basta aceder a www.parliapp.com.

Mais informações e atualizações disponíveis na página de facebook e instagram da Parli.