Alumni da FBAUP nos finalistas ao Prémio Novo Banco Revelação 2016

jardim_fbaupPedro Huet e Rogério Costa Ribeiro, ambos recém licenciados em Artes Plásticas – ramo Multimédia pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP), integram o leque de finalistas da edição deste ano do Prémio NOVO BANCO Revelação, um galardão atribuído pelo Novo Banco e pelo Museu de Serralves e destinado a jovens criadores portugueses no campo da fotografia.

No trabalho apresentado a concurso por Rogério Costa Ribeiro, o júri destacou “a ironia com que o artista explora a pretensa capacidade da fotografia para documentar situações sociais e políticas”.

Já o projeto de Pedro Huet “analisa a forma como as ferramentas digitais, ao permitirem a manipulação e fácil circulação de qualquer imagem, alteraram a nossa relação com a fotografia”.

Para além  dos dois diplomados da FBAUP, o júri do prémio, presidido por João Ribas (Diretor Adjunto e Curador Sénior do Museu de Serralves), decidiu por unanimidade selecionar os projetos dos artistas Henrique Pavão e Andreia Santana.
O vencedor da edição 2016 do prémio NOVO BANCO Revelação vai receber uma bolsa de produção no valor de 15 mil euros para que concretize o seu projeto.  Este trabalho será apresentado numa exposição individual, a inaugurar em novembro, no Museu de Arte Contemporânea de Serralves.
Ainda este mês de julho, será publicado um catálogo que apresenta o trabalho dos quatro candidatos, incluindo entrevistas aos artistas conduzidas por Ricardo Nicolau, adjunto da direção do Museu de Serralves.