Alumna da U.Porto organiza angariação de fundos para estudantes carenciados

O primeiro jantar solidário “Alma Lusa” vai decorrer no Restaurante S. João dos SASUP. (Foto: DR)

Por iniciativa da artista plástica e antiga estudante da Universidade do Porto, Margarida António, realiza-se no dia 23 de fevereiro um jantar de beneficência em favor do Fundo de Apoio Social da U.Porto, um programa gerido pelos Serviços de Ação Social (SASUP) destinado a apoiar estudantes em situações de necessidade económica.

Criado como forma de combater o abandono e o insucesso escolar por motivos de ordem financeira, o Fundo de Apoio Social da U.Porto destina-se a colmatar situações de contingências ou dificuldades económicas inesperadas dos seus estudantes, garantindo a comparticipação das despesas de frequência do Ensino Superior.

Este primeiro jantar solidário “Alma Lusa” (a designação e tema central da obra de Margarida António) irá decorrer no Restaurante S. João (Faculdade de Medicina) dos SASUP, que se associou a esta iniciativa, a par do Gabinete Alumni da U.Porto.

 

Com início marcado para as 19h00, o jantar conta no seu programa com uma exposição de obras de Margarida António, atuações do Orfeão Universitário da Universidade do Porto e da Orquestra Ligeira da Associação dos Antigos Orfeonistas e com um sorteio da oferta de uma obra da artista entre os participantes.

Os interessados em participar nesta iniciativa solidária poderão inscrever-se até 20 de fevereiro, indicando o nome, contacto telefónico e número de participantes através do email franciscamcpinheiro@gmail.com. A participação tem um custo de 40 euros por pessoa, estando a inscrição condicionada ao pagamento prévio deste valor por transferência bancária (todas as informações estão disponíveis no portal Alumni da U.Porto).

Antiga estudante de Belas Artes, Margarida António cresceu e viveu na cidade de Peso da Régua, onde estudou até ingressar na Universidade do Porto. Participou em diversas iniciativas coletivas organizadas pela Cooperativa dos Artistas de Gaia, pela Cooperativa Árvore do Porto, pela Universidade do Porto, bem como por várias câmaras municipais do país. A nível individual, realizou diversas exposições em várias Galerias de Arte e câmaras municipais do norte do país entre 1989 e 2016. Desde 2001 é mentora da corrente artística o Planetarismo.