Alumna da FEUP vence concurso de talento MASTER.SPITCH

(foto: pointandshoot.pt)

Joana Martins destacou-se pela forma como apresentou os seus objetivos profissionais a uma plateia de empresas e potenciais investidores. (Foto: pointandshoot.pt)

Mestre em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), Joana Martins, de 25 anos, foi a vencedora do concurso de talento para o marketing pessoal MASTER.SPITCH, iniciativa organizada pela entidade Cidade das Profissões, e que tem como objetivo permitir aos candidatos uma apresentação rápida dos seus objetivos profissionais a uma plateia de empresas e potenciais investidores.

Ainda à procura do primeiro emprego, Joana não hesitou em participar no MASTER.SPITCH, até porque se considera “ uma jovem com formação em engenharia que tem vindo a desenvolver competências na área de gestão de empresas, muito vocacionada para áreas criativas e com competências-chave como a comunicação, a orientação para resultados e o planeamento e organização”. Foi por isso com naturalidade que se apresentou, no passado mês de maio, ao casting para o MASTER.SPITCH, onde, em 90 segundos, explicou a uma plateia de empresas e a um painel de cinco jurados o seu perfil e objetivos profissionais.

O júri reconheceu na apresentação da Joana as competências-chave necessárias para o mercado de trabalho, selecionando-a para integrar um programa integrado de desenvolvimento de competências, intitulado ‘Skils Makeover’, que promove o desenvolvimento de competências-chave como desenvolvimento pessoal, comunicação, empreendedorismo, marketing, networking, imagem e marca profissional.

Terminada a formação, Joana participou na final do MASTER.SPITCH, composta por três provas com caráter eliminatório: pitch, prova de grupo e prova final. O painel de jurados, composto por profissionais reconhecidos nos seus setores de atuação, elegeu a prestação de Joana como sendo a que demonstrou mais objetividade na definição do seu objetivo profissional, destacando ainda as excelentes capacidades de comunicação demonstradas, o trabalho de equipa, a organização e método, bem como pensamento estratégico. Por estes motivos, foi selecionada para receber a MASTER BOX, um Plano de Desenvolvimento Pessoal, centrado no desenvolvimento de competências transversais.

A antiga estudante da FEUP acredita que “a participação nesta iniciativa permitiu desenvolver e aperfeiçoar competências-chave que serão aportadas ao mercado de trabalho, bem como potenciar um conjunto de contactos profissionais que se poderão traduzir em oportunidade de estágio e/ou trabalho”.

Saiba mais sobre a MASTER.SPITCH aqui.

  • inxs

    Já tem garantida carreira de docencia… precária, como quase todos os profs!