Medalha de Excelência para Investigador do LSRE-LCM da FEUP

Créditos Fotográficos: Álvaro Martino.

Alírio Rodrigues, professor catedrático jubilado da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), foi recentemente distinguido com a Medalha de Excelência em I&D&I – atribuída no 3.º Congresso Internacional de Engenharia Química (CIBIQ 2019) -, como “reconhecimento de uma extraordinária carreira de investigação na área de Processos de Separação e Reação Química”.

Com 40 anos dedicados à investigação e ensino, Alírio Rodrigues é um nome incontornável da investigação em engenharia química a nível internacional. Autor de seis patentes e mais de 600 artigos científicos, que reúnem em conjunto mais de 20 mil citações, está  entre os autores mais citados a nível mundial na área da engenharia química, de acordo com o ranking internacional de Shangai,

Licenciado em Engenharia Química pela FEUP em 1968 e doutorado em 1973 pela Universidade de Nancy, Alírio Rodrigues iniciou em 1976 a sua carreira docente na FEUP, onde desempenhou funções como Diretor em dois períodos distintos (1978-1979 e 1984-1990).

Foi o fundador, principal impulsionador e anterior diretor do Laboratório de Processos de Separação e Reacção – Laboratório de Catálise e Materiais (LSRE-LCM) da Faculdade de Engenharia, onde orientou cerca de 60 teses de doutoramento.

Entre as inúmeras distinções de que foi alvo ao longo da carreira, incluem-se o Prémio “Estímulo à Excelência” (2004) atribuído pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Prémio de Excelência Científica da FEUP (2009), e a “Medalha de Mérito Científico do MCTES” (2016), o Professor Emérito da U.Porto esteve também envolvido em projetos de investigação premiados a nível internacional: destaque para o Model-Based Innovation 2012 e para o IChemE, ABB Global Consulting Award for Sustainable Technology 2008, no campo da investigação dos aditivos verdes para gasóleo. Foi homenageado pela Separation Division do American Institute of Chemical Engineers em Atlanta (2014) “for his outstanding contributions to Adsorption Science and Technology in the fields of adsorption equilibrium and kinetics, adsorption separation processes, and hybrid/intensified adsorption systems”.

O Congresso Internacional de Engenharia Química (CIBIQ 2019),  que decorreu recentemente em Santander (Espanha), pretende ser uma referência no campo da engenharia química e da química aplicada à indústria. A edição deste ano teve a participação de mais de 500 profissionais/investigadores de 28 países durante 3 dias, nos quais foram apresentadas mais de 600 comunicações, 5 palestras plenárias, 2 mesas redondas e 72 sessões específicas. A organização esteve a cargo da Associação Nacional Espanhola de Químicos e Engenheiros Químicos (ANQUE), em colaboração com a Associação de Química e Engenharia Química da Cantábria (AQUIQÁN).

Mais informações aqui.