Adélio Mendes distinguido com Prémio Universidade de Coimbra 2016

FEUP_Prof. Adélio Mendes

Adélio Mendes tem-se notabilizado ao nível do desenvolvimento de tecnologias inovadoras de produção de energia elétrica. (Foto: DR)

“Um percurso notável”. Foi desta forma que o reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, se dirigiu a Adélio Mendes, professor e investigador do Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) no momento em que anunciou o vencedor do Prémio Universidade de Coimbra 2016. A nota oficial dá conta de “uma atividade letiva por todos reconhecida, uma atividade científica de centenas de artigos nos melhores locais de publicação internacional” e ainda “uma ligação ao tecido económico absolutamente invulgar”.

Autor de várias patentes, designadamente aquela que, “até ao momento, foi vendida por um preço mais elevado em Portugal”, Adélio Mendes tem-se notabilizado ao nível do desenvolvimento de tecnologias inovadoras de produção de energia elétrica, tem somado incentivos à sua investigação. Entre eles conta-se uma Advanced Research Grant no valor de 2 milhões de euros atribuída em 2012 pelo European Research Council (ERC).

O professor da FEUP tem sido um dos principais impulsionadores de duas tecnologias fotovoltaicas que permitem a conversão direta da luz solar em energia elétrica de forma renovável e sustentável, que podem vir a revolucionar o mercado da eletricidade. Esta foi a principal razão que levou a Câmara Municipal do Porto (CMP) a distinguir Adélio Mendes com a Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro, numa cerimónia realizada nos jardins do Palácio de Cristal, em julho de 2015.

Anos antes, em 2011, a empresa multinacional americana atribui-lhe o prémio “Air Products Faculty Ecellence 2011 Award”. No mesmo ano, recebeu os prémios Solvay & Hovione Innovation Challenge SHIC’11, Ramos Catarino Inovação e Prémio ACP – Diogo Vasconcelos Applied Research pelos desenvolvimentos na selagem assistida a laser de células solares.

Do ponto de vista científico, Adélio Mendes conta com mais de 250 artigos em revistas internacionais e 21 famílias de patentes. Ao longo dos últimos anos, dinamizou diversos projetos nacionais e internacionais que globalmente representaram um financiamento global superior a dez milhões de euros.

O prémio Universidade de Coimbra 2016, no valor de 25 mil euros, vai ser entregue no dia 1 de março, na sessão comemorativa dos 726 anos da Universidade de Coimbra.