Açores vão ter centrais hidoelétricas reversíveis puras

é usada para igualar diferenças periódicas em horário de carregamentos eléctricos

As centrais hidroelétricas reversíveis são utilizadas para igualar diferenças periódicas em horário de carregamentos eléctricos.

O INESC TEC assinou recentemente um contrato com a EDA – Electricidade do Açores para uma prestação de serviços de consultoria técnica especializada, no âmbito do qual serão realizados estudos no sentido de se encontrar soluções para a construção de centrais hidroelétricas reversíveis puras nas ilhas de São Miguel e Terceira.

Estas centrais têm como objetivo armazenar os excessos de energia elétrica de origem renovável durante a noite, para depois a injetar nas redes correspondentes durante os períodos de maior consumo.

Este estudo envolve dois problemas: em primeiro lugar, será necessário calcular o volume de energia a armazenar, assim como definir as potências e o número das bombas e das turbinas a instalar nos aproveitamentos em estudo, o que permitirá depois dimensionar os reservatórios superiores e inferiores e definir a estrutura das centrais.

Em segundo lugar, irá avaliar-se a capacidade de participação das bombas e dos geradores hídricos na regulação de frequência, assim como a estabilidade do sistema perante perturbações a simular, o que permitirá afinar as soluções encontradas inicialmente e determinar as malhas de controlo dos equipamentos a instalar.

O contrato, de grande responsabilidade e complexidade técnica, está associado a investimentos no terreno de várias dezenas de milhões de euros.