(1930-07-16) Estudantes da U.Porto durante a Venda da Flor, iniciativa de caridade (legenda – Maria Thereza, odorifero cravo dos jardins do Porto, ‘cravando’ um pobre academico) Foto Revista Lusitania